ManWinWin Software

Guia completo para a gestão do stock de manutenção

Guia sobre gestão de stocks de manutenção para melhorar a eficiência operacional. Aprenda estratégias gerir os níveis de inventário, implementação JIT e soluções adequadas para uma boa gestão de consumíveis, peças e sobresselentes de manutenção.

Aumente a eficiência da sua empresa com o nosso guia completo de gestão de stocks de manutenção. Desde a otimização dos níveis de inventário até à implementação de estratégias just-in-time, descubra ideias práticas e soluções para garantir a operação dos seus ativos sem problemas.

maintenance management software
Maintenance Stock Management

Introdução

A gestão eficaz do stock de manutenção é uma componente crítica do sucesso organizacional, assegurando o funcionamento contínuo de máquinas e sistemas e minimizando as interrupções. À medida que as empresas evoluem num ambiente dinâmico, o tratamento eficiente do stock de manutenção torna-se cada vez mais essencial para otimizar os custos, melhorar a eficiência operacional e satisfazer as exigências dos clientes. Esta disciplina multifacetada envolve planeamento estratégico, integração tecnológica e tomada de decisões proactivas para atingir um equilíbrio delicado entre manter níveis de stock adequados e evitar custos de manutenção desnecessários.

Neste contexto, várias áreas-chave emergem como pontos focais para uma gestão abrangente dos stocks de manutenção. Desde a otimização do inventário e a previsão da procura até ao cultivo de relações sólidas com os fornecedores e ao aproveitamento de tecnologias de ponta, as organizações navegam num cenário complexo para manter as suas operações a funcionar sem problemas. Além disso, o planeamento estratégico da manutenção preventiva e das peças sobresselentes garante que os componentes certos estão disponíveis quando são necessários, contribuindo para uma abordagem proactiva na minimização do tempo de inatividade.

1. Otimização do inventário

A otimização do inventário é crucial para que as empresas mantenham operações eficientes e satisfaçam as exigências dos clientes. Aqui estão algumas técnicas para determinar os níveis ideais de stock, implementar sistemas de inventário just-in-time e equilibrar os custos de inventário:

Análise ABC:

Classificar os itens em categorias (A, B e C) com base na sua importância e valor.
Atribuir recursos e atenção em conformidade. Os artigos da classe A, que representam bens de elevado valor e prioridade, podem exigir um controlo mais rigoroso e uma monitorização mais frequente.

EOQ (Quantidade Económica de Encomenda):

Calcular a quantidade óptima de encomenda que minimiza os custos totais do inventário, incluindo os custos de detenção e os custos de encomenda.
Equilibra os custos de detenção de inventário com os custos de encomenda e de rutura de stock.

Stock de segurança:

Determinar um nível de stock de segurança para ter em conta as incertezas da procura e da oferta.
Considera factores como a variabilidade do prazo de entrega e as flutuações da procura para evitar rupturas de stock.

Otimização dos prazos de entrega:

Trabalhar na redução dos prazos de entrega através de melhores relações com os fornecedores, logística eficiente ou utilização de tecnologia para um processamento mais rápido das encomendas.
Os prazos de entrega reduzidos podem permitir níveis de stock de segurança mais baixos sem comprometer os níveis de serviço.

Sistemas de inventário Just-in-Time (JIT):

Implementar os princípios JIT para reduzir o excesso de inventário e os custos de detenção associados.
O objetivo é assegurar um fluxo de produção regular, recebendo as mercadorias atempadamente para utilização no processo de fabrico ou para encomendas de clientes.

Previsão da procura:

Prever com precisão a procura utilizando dados históricos, tendências de mercado e outros factores relevantes.
Utilizar técnicas e ferramentas avançadas de previsão para melhorar a exatidão.

Sistema de revisão contínua:

Rever regularmente os níveis de inventário para garantir que estão alinhados com as flutuações da procura.
Ajustar os pontos de reabastecimento e as quantidades de encomenda com base nas alterações dos padrões de procura.

Colaboração com fornecedores:

Colaborar estreitamente com os fornecedores para partilhar informações e melhorar a coordenação.
Considere a implementação de sistemas de inventário gerido pelo fornecedor (VMI) para um melhor controlo e visibilidade.

Tecnologia e automatização:

Utilize software de gestão de inventário para automatizar os processos de controlo, encomenda e reabastecimento.
Utilize sistemas RFID ou de código de barras para uma monitorização precisa e em tempo real do inventário.

Acordos de nível de serviço (SLAs):

Definir níveis de serviço e acordos com fornecedores para garantir entregas atempadas e qualidade consistente dos produtos.Alinhar os SLAs com as expectativas dos clientes e a procura do mercado.

Preços dinâmicos:

Utilizar estratégias de preços dinâmicos para gerir a procura durante os períodos de inventário alto ou baixo.
Ajustar os preços com base nos níveis de inventário em tempo real e nas condições de mercado.

Avaliação regular do desempenho:

Avalie regularmente o desempenho do seu sistema de gestão de inventário.
Utilize indicadores-chave de desempenho (KPI), como a rotação do inventário, as taxas de preenchimento e a exatidão do cumprimento das encomendas, para identificar áreas a melhorar.

Ao incorporar estas técnicas, as empresas podem encontrar um equilíbrio entre a manutenção de níveis de stock óptimos, a implementação de sistemas just-in-time e a gestão eficaz dos custos associados.

ManWinWin é o resultado de mais de 40 anos de experiência e know-how

Com milhares de utilizadores em mais de 120 países no mundo. Criado por engenheiros portugueses, foi desenvolvido com base nas implementações e ouvindo milhares de clientes em todo o mundo usando o sistema, as suas lutas diárias, as suas necessidades e desejos.

Ajudamos empresas de todo o mundo a melhorar a sua manutenção

Reconhecido

Pela Gartner Group 

Parceiro Microsoft

Application Development

Clientes

Países

Línguas

Parceiros

Christian Schilling

ManWinWin Software actively challenged our way of thinking and guided us to focus on what was most important, ie on what we really needed.

Project Manager
INIT Dubai FZE

2. Previsão da procura

A previsão da procura é um aspeto crucial da gestão das existências de manutenção. Eis os métodos e estratégias para prever com exatidão a procura futura:Modelos de previsão estatística: Utilizar modelos quantitativos, como a análise de séries cronológicas e a análise de regressão, para analisar dados históricos e identificar padrões nas flutuações da procura.

Técnicas de previsão qualitativa: Reúna informações de especialistas do sector, estudos de mercado e feedback dos clientes para incorporar factores qualitativos nas suas previsões de procura.

Planeamento, Previsão e Reabastecimento Colaborativos (CPFR): Promover a colaboração entre diferentes intervenientes na cadeia de abastecimento, incluindo fornecedores e distribuidores, para partilhar informações e prever coletivamente a procura.

Aprendizagem automática e análise preditiva: Aproveitar tecnologias avançadas como algoritmos de aprendizagem automática para analisar grandes conjuntos de dados e prever a procura futura com base em vários factores, melhorando a precisão ao longo do tempo.

Análise de cenários: Avaliar diferentes cenários, tais como alterações de mercado, flutuações económicas ou eventos inesperados, para compreender os potenciais impactos na procura e ajustar as previsões em conformidade.

Ajuste sazonal: Considerar a sazonalidade de determinados produtos ou requisitos de manutenção e ajustar as previsões para acomodar padrões recorrentes.

Análise dos prazos de entrega: Ter em conta os tempos de espera para aquisição e produção ao prever a procura para garantir a reposição atempada de stocks e evitar rupturas de stock.

Deteção da procura: Utilizar dados e análises em tempo real para detetar rapidamente alterações nos padrões de procura, permitindo ajustes rápidos nos níveis de stock e nos planos de produção.

Análise de tendências históricas: Examinar as tendências históricas da procura, identificando padrões de crescimento ou alterações nas preferências dos clientes para informar as previsões futuras.

Software de planeamento da procura: Implemente software avançado de planeamento da procura que se integre nos sistemas de gestão de stocks, oferecendo automação, análise de dados e ferramentas de previsão para previsões mais precisas.

Segmentação de clientes: Segmentar os clientes com base em vários critérios e adaptar as previsões às necessidades e preferências específicas de cada segmento.

Monitorização e ajustamento contínuos: Monitorizar regularmente a procura real em relação às previsões e ajustar as estratégias em conformidade para manter a exatidão e a capacidade de resposta às alterações do mercado.

Ao incorporar estes métodos nas suas práticas de gestão de stocks de manutenção, pode aumentar a exatidão das suas previsões de procura, reduzir o excesso de existências e garantir que está bem preparado para satisfazer as futuras necessidades de manutenção de forma eficiente.

Conheça o Software ManWinWin

Desenvolvemos o ManWinWin a pensar em si e nos seus desafios: uma solução flexível, fácil de implementar e simples de utilizar que centraliza numa só plataforma a gestão de equipamentos, ordens de trabalho, peças sobressalentes, custos e pessoas.

 

O ManWinWin tem um assistente inteligente que fornece alertas e previsões com recurso a Inteligência Artificial, uma APP Android ou IOS, uma interface web com uma experiência perfeita para sua equipe, recursos de Realidade Aumentada para auxiliar os técnicos de campo na execução de tarefas de manutenção e um dashboard completo com KPI personalizados para o ajudar a tomar decisões.

3. Gestão das relações com os fornecedores

A gestão eficaz das relações com os fornecedores (SRM) é fundamental para garantir um fornecimento fiável e constante de stock de manutenção. Aqui estão estratégias para desenvolver relações fortes, avaliar o desempenho e negociar termos favoráveis com os fornecedores.

  • Seleção estratégica de fornecedores: Selecionar cuidadosamente os fornecedores com base no seu historial, reputação e capacidade de satisfazer as suas necessidades de stock de manutenção de forma consistente.
  • Comunicação clara: Estabelecer canais de comunicação transparentes e abertos com os fornecedores para promover uma relação de colaboração e reação.
  • Métricas de avaliação de desempenho: Definir indicadores-chave de desempenho (KPI), tais como fiabilidade, qualidade e prazos de entrega. Avaliar regularmente e fornecer feedback sobre o desempenho do fornecedor.
  • Análises regulares de desempenho: Realizar revisões periódicas do desempenho com os fornecedores para discutir áreas de melhoria, abordar desafios e reforçar os resultados positivos.
  • Definição de objectivos em colaboração: Estabelecer objectivos em colaboração com os fornecedores, de acordo com os seus requisitos de stock de manutenção. Isto encoraja um compromisso partilhado para o sucesso.
  • Gestão de riscos: Identificar potenciais riscos na cadeia de fornecimento e trabalhar com os fornecedores para desenvolver estratégias de mitigação. Isto assegura um fornecimento mais resistente e fiável de stock de manutenção.
  • Negociação de condições favoráveis: Negociar contratos e acordos que incluam condições favoráveis de preços, condições de pagamento e flexibilidade de encomendas. Isto ajuda a garantir um fornecimento rentável e estável.
  • Programas de desenvolvimento de fornecedores: Investir em programas para melhorar as capacidades dos principais fornecedores. Isto pode levar a um melhor desempenho, inovação e uma relação mutuamente mais benéfica.
  • Auditorias a fornecedores: Realizar auditorias periódicas para avaliar as capacidades do fornecedor, os sistemas de gestão da qualidade e a adesão às normas da indústria.
  • Integração tecnológica: Implementar soluções tecnológicas, tais como portais de fornecedores, intercâmbio eletrónico de dados (EDI) ou plataformas de colaboração para simplificar a comunicação e a partilha de informações.
  • Iniciativas de melhoria contínua: Incentivar os fornecedores a participar em iniciativas de melhoria contínua. Isto pode envolver a resolução conjunta de problemas, inovação e ganhos de eficiência.
  • Diversificação e Redundância: Considere diversificar a sua base de fornecedores e ter planos de contingência para mitigar os riscos associados à dependência de um único fornecedor.
  • Actividades de construção de relações: Assistir a eventos de fornecedores, participar em sessões de formação conjuntas ou participar em conferências do sector para estabelecer relações pessoais mais fortes com os principais fornecedores.
  • Flexibilidade nos contratos: Incluir disposições nos contratos que permitam flexibilidade no ajuste das quantidades das encomendas com base na alteração das necessidades de stock de manutenção.

Ao implementar estas estratégias, as empresas podem estabelecer e manter relações fortes com os fornecedores, garantir a fiabilidade do stock de manutenção e criar uma cadeia de abastecimento mais resistente e eficiente.

Junte-se à ManWinWin Software, a empresa mais experiente do mundo em CMMS!

Escolha o melhor para a gestão da sua manutenção

Assista ou agende uma demo

Assista a uma demonstração gravada ou agende uma demonstração personalizada com um dos nossos especialistas.

Use a versão gratuita do ManWinWin

Software de gestão de manutenção industrial gratuito para sempre até 100 equipamentos. Começa hoje!

4. Tecnologia na gestão de stocks

A adoção da tecnologia é essencial para modernizar os processos de gestão de stocks. Eis os principais aspectos da integração da tecnologia na gestão de stocks

Software de Gestão de Stocks: Implementar um software avançado de gestão de stocks para automatizar e simplificar os processos de controlo de stocks, proporcionando visibilidade em tempo real dos níveis de stock, encomendas e cumprimento.

Leitura de códigos de barras: Utilizar a tecnologia de leitura de códigos de barras para aumentar a precisão no acompanhamento dos movimentos de stock, reduzindo os erros manuais e acelerando os processos de receção, recolha e expedição.

Tecnologia RFID: Implementação da tecnologia RFID (identificação por radiofrequência) para um seguimento eficiente e automatizado do stock. A RFID permite a visibilidade em tempo real sem necessidade de uma linha de visão direta, oferecendo maior precisão e rapidez.

Captura automatizada de dados: Utilização de tecnologias de captura automática de dados, incluindo leitores de códigos de barras e leitores RFID, para melhorar a velocidade e a precisão da introdução de dados e das transacções de stock.

Dispositivos e aplicações móveis: Aproveitamento de dispositivos e aplicações móveis para permitir o acesso em movimento a informações de stock, facilitando tarefas como contagens de inventário, processamento de encomendas e actualizações de estado.

Sistemas de gestão de stocks baseados na nuvem: Implementação de sistemas de gestão de stocks baseados na nuvem para melhorar a acessibilidade, a escalabilidade e a colaboração entre os membros da equipa, especialmente em ambientes de trabalho multilocalizados ou remotos.

Análise de dados e relatórios: Utilizar ferramentas de análise de dados integradas em sistemas de gestão de stocks para obter informações accionáveis, prever a procura e otimizar os níveis de stock com base em dados históricos e tendências.

Sistemas de reordenação automatizados: Implementação de sistemas de reordenação automatizados que desencadeiam encomendas quando os níveis de stock atingem limites predefinidos, garantindo níveis de stock ideais sem o risco de rutura ou excesso de stock.

Integração ERP: Integração de sistemas de gestão de stocks com sistemas de Planeamento de Recursos Empresariais (ERP) para sincronizar dados e simplificar os processos empresariais gerais, incluindo finanças, aprovisionamento e cumprimento de encomendas.

Sensores de Internet das Coisas (IoT): Implementação de sensores IoT para monitorizar as condições do stock, como a temperatura e a humidade, em tempo real, garantindo a qualidade e a integridade de bens sensíveis ou perecíveis.

Plataformas de colaboração: Utilização de plataformas colaborativas que ligam fornecedores, fabricantes e distribuidores para partilhar informações em tempo real, melhorando a comunicação e a coordenação na cadeia de abastecimento.

Inteligência Artificial (IA) para previsão da procura: Implementar algoritmos de IA para uma previsão mais precisa da procura, ajudando as empresas a antecipar as necessidades de stock, reduzir o excesso de inventário e melhorar a eficiência geral da cadeia de abastecimento.

Ao incorporar estas tecnologias nos processos de gestão de stocks, as empresas podem alcançar uma maior eficiência, precisão e capacidade de resposta, acabando por otimizar as operações da cadeia de abastecimento.

Conheça os serviços ManWinWin em consultoria de gestão da manutenção

Implementação

A consultoria de implementação é a componente que transforma um bom software numa boa solução.

Formação

A formação é a componente que interioriza e dá sustentabilidade à solução no Cliente.

Auditorias & Diagnóstico

Apreensão e sistematização do caso do cliente antes e após a implementação.

Procedimentos de gestão

Consolidação das boas práticas técnica administrativas sob a forma de manuais de gestão.

maintenance management software

Quer saber como o software de gestão de manutenção mais experiente do mundo em CMMS o pode ajudar?

5. Manutenção preventiva e planeamento de peças sobresselentes

A manutenção preventiva e o planeamento de peças sobressalentes são componentes cruciais para garantir a fiabilidade operacional do equipamento. Eis algumas estratégias para uma implementação efectiva

Programa de manutenção preventiva: Desenvolver um programa de manutenção preventiva abrangente que descreva as inspecções regulares, a assistência e as reparações para minimizar o tempo de inatividade do equipamento e prolongar a vida útil dos bens.

Monitorização da condição: Implementar técnicas de monitorização de condições, tais como tecnologia de sensores e ferramentas de manutenção preditiva, para identificar proactivamente potenciais problemas antes que estes conduzam a falhas do equipamento.

Identificação de peças sobressalentes críticas: Identificar peças sobressalentes críticas essenciais para a manutenção do equipamento chave. Trata-se de componentes que, se não estiverem disponíveis, podem resultar em períodos de inatividade prolongados ou paragens de produção.

Otimização do nível de stock: Manter um nível de stock ideal para peças sobresselentes críticas, considerando factores como o tempo de espera, os padrões de utilização e a fiabilidade do fornecedor. Isto assegura a disponibilidade atempada sem acumulação excessiva de stocks.

Relações com fornecedores de peças de reposição: Cultivar relações sólidas com fornecedores de peças sobresselentes críticas para garantir acesso prioritário, entrega rápida e condições favoráveis em alturas de necessidade urgente.

Manuseamento de stocks obsoletos ou de movimentação lenta: Desenvolver estratégias para a gestão de peças sobresselentes obsoletas ou de evolução lenta, incluindo uma análise regular e planos de eliminação. Considerar a liquidação, utilizações alternativas ou a devolução aos fornecedores para crédito.

Contagem cíclica e auditorias de inventário: Implementar auditorias regulares de contagem de ciclos e de inventário para manter a exatidão dos níveis de inventário de peças sobresselentes, reduzindo o risco de rutura de stock ou de excesso de stock.

Análise da causa raiz das falhas: Efetuar análises de causas de falhas de equipamento para compreender as razões por detrás das avarias e melhorar as estratégias de manutenção preventiva.

Integração do sistema de gestão de activos: Integrar o planeamento de peças sobresselentes com um sistema de gestão de activos para facilitar o acompanhamento, a aquisição e a monitorização da utilização.

Base de dados centralizada de peças sobresselentes: Mantenha uma base de dados de peças sobressalentes centralizada e actualizada que inclua detalhes como números de peças, fornecedores, prazos de entrega e histórico de utilização para uma gestão eficiente do inventário.

Previsão de peças sobressalentes: Utilizar dados históricos e tendências para prever com exatidão a procura de peças sobresselentes. Isto ajuda a manter níveis de stock óptimos e a evitar faltas.

Planeamento de resposta a emergências: Desenvolver planos de resposta de emergência para falhas críticas do equipamento, incluindo procedimentos predefinidos para obter peças sobresselentes de forma rápida e eficiente.

Integração de tecnologia para gestão de peças sobressalentes: Utilizar soluções tecnológicas, tais como sistemas de gestão de manutenção informatizados (CMMS) ou sistemas de gestão de activos empresariais (EAM), para automatizar a gestão de peças sobresselentes, simplificar os processos de aquisição e melhorar a eficiência geral.

Gestão de stocks de manutenção com o software CMMS ManWinWin

O ManWinWin é um software popular de Sistema de Gestão de Manutenção Computadorizado (CMMS) concebido para ajudar na gestão de stocks de manutenção. Eis como pode tirar partido do ManWinWin para uma gestão eficaz das existências de manutenção:

Gestão de activos e equipamentos: Utilize o ManWinWin para criar uma base de dados abrangente de activos e equipamentos, incluindo detalhes como o historial de manutenção, a criticidade e as peças sobresselentes associadas.

Programação da manutenção preventiva: Defina calendários de manutenção preventiva no ManWinWin para garantir inspecções regulares e tarefas de manutenção. Associe estes programas a peças sobresselentes relevantes para facilitar a gestão proactiva de stocks.

Gestão do inventário de peças sobresselentes: Faça uma gestão eficiente do seu inventário de peças sobresselentes utilizando as funcionalidades específicas do ManWinWin. Acompanhe os níveis de stock, os pontos de encomenda e os padrões de utilização para otimizar os níveis de inventário.

Gestão de fornecedores e compras: Integre as informações dos fornecedores no ManWinWin para uma comunicação e colaboração optimizadas. Utilize o software para gerir os processos de compra, assegurando um fornecimento constante do stock de manutenção necessário.

Leitura de códigos de barras: Se for caso disso, aproveite a compatibilidade do ManWinWin com a tecnologia de leitura de códigos de barras para um controlo preciso das peças sobresselentes. Isto ajuda a reduzir os erros e a aumentar a eficiência da gestão de stocks.

Gestão de ordens de trabalho: Crie ordens de trabalho através do ManWinWin, associando-as a tarefas de manutenção específicas e às peças sobresselentes associadas. Isto garante que os técnicos dispõem das peças necessárias quando realizam actividades de manutenção.

Auditorias de inventário e contagem de ciclos: Implemente auditorias de inventário e contagem de ciclos no ManWinWin para manter níveis precisos de stock de peças sobresselentes. As verificações regulares ajudam a evitar rupturas de stock e a identificar artigos obsoletos ou de movimento lento.

Relatórios e análises: Utilize as funcionalidades de relatório e análise do ManWinWin para obter informações sobre a utilização, os custos e as tendências das peças sobresselentes. Estas informações podem orientar decisões sobre níveis de stock, relações com fornecedores e estratégias de manutenção.

Integração com sistemas ERP: Se aplicável, integre o ManWinWin no seu sistema de planeamento de recursos empresariais (ERP) para garantir um fluxo de dados contínuo entre a manutenção, o inventário e outros processos empresariais.

Acesso móvel e gestão remota: Aproveite a acessibilidade móvel do ManWinWin para aceder em qualquer lugar às informações de manutenção e stock. Isto é particularmente útil para a gestão remota e a tomada rápida de decisões.

Melhoria contínua: Rever e avaliar regularmente os seus processos de manutenção e gestão de stocks no ManWinWin. Identifique áreas de melhoria e aproveite as actualizações do software para se manter atualizado com as melhores práticas.

Ao integrar o ManWinWin nos seus processos de gestão de stocks de manutenção, pode beneficiar das suas funcionalidades para aumentar a eficiência, a precisão e a eficácia geral na manutenção de níveis de stock ideais para a sua organização.

Junte-se à ManWinWin Software, a empresa mais experiente do mundo em CMMS!

Escolha o melhor para a sua gestão de manutenção