Facebook

A manutenção com base no risco permite organizar os equipamentos hierarquicamente de acordo com o seu risco de falha. O risco de falha é calculado para cada equipamento e resulta do produto de dois índices, a ocorrência de falha e a severidade da falha.

Custos avolumados com manutenção e interrupções frequentes da produção por falhas de equipamentos, são sintomas de uma gestão da manutenção pouco eficiente de um parque de equipamentos. A manutenção com base no risco (RBM) é uma ferramenta que as organizações podem utilizar para otimizar a sua gestão da manutenção. Este artigo mostra um processo de implementação de RBM.

Quanto mais complexo é o nosso parque de equipamentos, mais difícil se torna gerir a manutenção da forma mais eficiente possível. Surgem questões como: Estou a gastar recursos desnecessários na manutenção? Onde posso reduzir custos de manutenção? Devo contratar serviço de manutenção condicionada? Em que equipamentos aplico técnicas de manutenção condicionada? Posso aplicar manutenção corretiva? Em que equipamentos posso aplicar manutenção corretiva?

VEJA O DOCUMENTO COMPLETO AQUI

Para mais informações, entre em contato com um dos nossos especialistas | [email protected]

Pin It on Pinterest

Share This